sexta-feira, 17 de maio de 2013

Resenha do livro: Marina

Título: Marina
Autor: Carlos  Ruiz Zafón
Ediora: Suma de letras
Páginas: 192

Sinopse: Neste livro, Zafón constrói um suspense envolvente em que Barcelona é a cidade-personagem, por onde o estudante de internato Óscar Drai, de 15 anos, passa todo o seu tempo livre, andando pelas ruas e se encantando com a arquitetura de seus casarões. É um desses antigos casarões aparentemente abandonados que chama a atenção de Oscar, que logo se aventura a entrar na casa. Lá dentro, o jovem se encanta com o som de uma belíssima voz e por um relógio de bolso quebrado e muito antigo. Mas ele se assusta com uma inesperada presença na sala de estar e foge, assustado, levando o relógio. Dias depois, ao retornar à casa para devolver o objeto roubado, conhece Marina, a jovem de olhos cinzentos que o leva a um cemitério, onde uma mulher coberta por um manto negro visita uma sepultura sem nome, sempre à mesma data, à mesma hora. Os dois passam então a tentar desvendar o mistério que ronda a mulher do cemitério, passando por palacetes e estufas abandonadas, lutando contra manequins vivos e se defrontando com o mesmo símbolo - uma mariposa negra - diversas vezes, nas mais aventurosas situações por entre os cantos remotos de Barcelona. Tudo isso pelos olhos de Oscar, o menino solitário que se apaixona por Marina e tudo o que a envolve, passando a conviver dia e noite com a falta de eletricidade do casarão, o amigável e doente pai da garota, Germán, o gato Kafka, e a coleção de pinturas espectrais da sala de retratos. Em Marina, o leitor é tragado para dentro de uma investigação cheia de mistérios, conhecendo, a cada capítulo, novas pistas e personagens de uma intrincada história sobre um imigrante de Praga que fez fama e fortuna em Barcelona e teve com sua bela esposa um fim trágico. Ou pelo menos é o que todos imaginam que tenha acontecido, a não ser por Oscar e Marina, que vão correr em busca da verdade - antes de saber que é ela que vai ao encontro deles, como declara um dos complexos personagens do livro.

Vamos à resenha: " A gente só se lembra do que nunca aconteceu"
A mais pura verdade é que, muita das vezes, realmente temos lembranças tão boas e às vezes tão distantes, que parece nunca terem sido verdadeiras. Sentimentos tão profundos que preferimos guardar só para nós, ou simplesmente fingir que nunca existiram. Mas não é possível fugir para sempre. Nossas memórias sempre nos alcançam.

Nesse livro, Zafón como sempre, tem como cenário principal Barcelona. A cidade dos malditos. (Quem já leu "O jogo do anjo" vai entender o porquê de cidade dos malditos, rs)Uma cidade que em cada ruela esconde segredos e mistérios, sempre esperando que alguém venha desenterrá-los.
Em "Marina", é o jovem Óscar Drai à fazê-lo.

Para quem já está familiarizado com Zafón, sabe bem como é difícil descrever o gênero de seus livros. Como sempre, misturando o romance, a fantasia, o macabro. Tudo em uma onda de suspense que te faz virar as páginas sem desgrudar os olhos, com muita curiosidade de saber o fim, ao mesmo tempo sem querer que acabe, de tão boa que é a história.
Em "Marina" não é diferente. Mais um de seus livros que envolvem segredos não solucionados e esquecidos a muito tempo. Que mistura passado e presente. Duas histórias em um só livro. Duas histórias que sempre acabam se cruzando.

Uma história de amor, amizade verdadeira e do quanto é difícil para os seres humanos aceitar a morte, mesmo que seja o melhor a fazer.
"O território dos seres humanos é a vida. A morte não nos pertence."

Lindo, surpreendente e emocionante. Que com certeza te arrancará muitas lágrimas no fim.

Sempre tenho dificuldade em falar sobre um livro que eu gostei muito. Parece que nenhuma palavra faz jus ao livro. Sempre me sinto assim com os do Zafón.

"Marina, você levou todas as respostas consigo".

15 comentários:

  1. Nossa amei sua resenha, fiquei com uma vontade louca de ler esse livro, adoro livros que envolvem suspense e romance...

    http://justonemomentt.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maiah,fico feliz que tenha gostado... Leia sim, super recomendo :D
      Beijos!

      Excluir
  2. Já estou te seguindo
    seu blog é maravilhoso, convido você e suas leitoras a conhecer meu blog
    http://toobege.blogspot.com.br/
    beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Mari :D Estou seguindo seu blog também, adorei! Beijoss

      Excluir
  3. Gabi eu troquei esse livro tem algum tempo, mas ainda não li rsrsrs.
    Na verdade eu nunca li nada do Zafon e me sinto uma pecadora por isso, todos dizem que ele escreve lindamente.
    Eu normalmente não choro, então nem me preocupo com as lágrimas.

    Beijos
    www.leitoraincomum.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, leia sim... Super recomendo. Eu sou meio suspeita de falar, porque já virei fã dele a partir de A sombra do vento kk. Mas tenho certeza que você vai gostar! Beijos

      Excluir
  4. Oiee conheci seu blog hoje e super curti adorei a resenha se quiser conhecer o meu será super bem vinda !

    Beijos

    Andressa
    http://livrosechocolatequente.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Andressa, que bom que gostou :D
      Com certeza, estou seguindo o seu e vou dar uma lida nas resenhas, haha. Beijos!

      Excluir
  5. Esse foi um dos meus livros preferidos.
    Amei de verdade e também marquei o mesmo quote que vc.
    "Agente só se lembra do que nunca aconteceu".
    Amei o blog e sua resenha.
    Já estou seguindo :)
    Bjokass

    http://livrosemarshmallows.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também se tornou um dos meus preferidos, assim como todos do Zafón kk. Que bom que gostou, estou seguindo de volta :)
      Beijos!!

      Excluir
  6. Não conhecia, parece muito bom.

    http://iasmincruz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Gabriela!!

    Eu também gostei demaisssss deste livro! Não tinha lido nenhum do Zafón ainda, e ele me conquistou. Uma leitura bem diferente e cativante.

    (:

    Estou seguindo seu blog. ele é lindo. :)

    http://escrev-arte.blogspot.com.br

    Beijos. boas leituras!

    ResponderExcluir
  8. Oi Nadja!
    É realmente muito bom né? Zafón é demais, recomendo então que leia os outros dele ^^ haha
    Seguindo de volta, beijos!

    ResponderExcluir
  9. Oi Gabriella, tudo bom?
    Tenho a maior vontade de ler Zafón mas ainda não comprei :( chamam muito ate
    A contextualização e os cenários das obras dele me chamam muito atenção
    Gostei muito da sua resenha!

    Beijos
    Endless Poem

    ResponderExcluir
  10. Oi Sarah... Então pode ler que não vai se arrepender :D
    Beijos!

    ResponderExcluir